1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

NO TRIBE: 18 de Novembro 2012, Catedral do Rock - 23H

popularfm_notribeNO TRIBE

18 de Novembro 2012

Catedral do Rock com Jorge Caldeira

 

1999, várias tribos urbanas segregam as noites de Lisboa, duas pessoas rejeitam a integração num movimento, clã ou tribo, negam a subjugação da padronização. Nasce, pelas mãos de Yma (voz) e Lacerda (bateria) o conceito No Tribe, apoiado na livre expressão musical, consubstanciado na força de ritmos fortes.

 Passam alguns anos de experimentação musical e após a entrada, em 2005, de Isi (baixo) e Roxo (guitarra) é lançado ”The Day of Days” (demo, 2006) gravado e editado no verdadeiro espírito DIY, refletindo o caos e inconsistência gerada por anos de mutações nas formações e sonoridade, mas levando a banda, pela primeira vez, ao palco em Maio de 2006 no Juvfest III - Sanguedo, Sta. Maria da Feira.

 O caos que carateriza o som da banda reflete-se igualmente na relação entre os seus elementos. Yma, membro fundador, abandona o projeto, conduzindo Isi a assegurar a voz e entregar o baixo a Dourado. Mas as insanáveis diferenças de opinião sobre o rumo que o projeto deveria seguir precipitam a saída de Lacerda no início de 2008, em pleno processo de gravação de um novo trabalho… interrupção definitiva e irreversível.

 O ânimo aumenta progressivamente e o processo criativo que originará a nova sonoridade dos No Tribe não pára, evoluindo para sonoridades menos pretensiosas e mais rock. Não esquecendo o conceito por detrás da banda, cresce o desejo de dar a conhecer um novo som ao mundo e tornar o projeto mais credível e coeso. Para tal são necessárias, acima de tudo, pessoas que integrem de forma positiva a atitude e espírito da banda.

 Segue-se um inevitável período de audições a novos músicos. Zargo fez audições para bateria. A busca por um baterista tinha terminado! Mais tarde, junta-se aos No Tribe David Pais, que integrou de imediato a banda como baixista, trazendo uma nova abordagem para as segundas vozes, assumindo Dourado o papel de guitarrista de cordas finas.

 Finalmente com um alinhamento que enchia as medidas e fazia acreditar num futuro promissor, os No Tribe concluíram o processo criativo e pouco tempo depois estavam prontos para gravar o 1.º EP da banda, “Primordial”. Desta vez com um maior compromisso com a qualidade, a composição e com recurso a melhores condições técnicas. O resultado não podia ter sido melhor, em Setembro de 2009, “Primordial” vê a luz dia, saído das entranhas dos BlackSheep Estudios, com a inestimável colaboração de Makoto Yagyu.

 Segue-se um período de loucura com o envio do EP para revistas e editoras. O tema "Monster" começa a circular em alguns programas de rádio e webcasts como single de apresentação, recebendo excelente aceitação e abrindo caminho para a gravação do videoclip, com o realizador Nuno Neves.

 A 29 de Janeiro de 2010 estava tudo pronto para o lançamento oficial de Primordial, com uma entrevista e apresentação do videoclip "Monster" no Curto-circuito, na SIC Radical, e concerto no Transmission Club (Lisboa) para apresentação da nova formação e temas novos.

 Sem artifícios, munidos apenas de descargas duras de energia, adrenalina e som, esta formação demonstra-se incrivelmente potente em palco, com atuações enérgicas, emotivas e eletrizantes.

 E 2012 trás um novo fôlego e um novo trabalho, “Deserta”. O 2.º EP apresenta uma sonoridade mais madura e assinala uma clara evolução no trajecto da banda. Tocam-se os extremos e os temas de "Deserta" deambulam entre paisagens áridas e locais paradisíacos.

No Estúdio POPULARFM

Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.