1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

ZÉ PERDIGÃO: 4 de Outubro de 2013 - 12H

popularfm_ze perdigaoZÉ PERDIGÃO

4 de Outubro de 2013 - 12H

Fado & Samba com Jean Cremona e José Pinho

 

 Em 2008 a convite do produtor José Cid é gravado e editado o seu primeiro disco “ Os Fados do Rock” que recebe os mais rasgados elogios dos media e tem grande aceitação por parte do publico.

Zé Perdigão é convidado pelo músico, cantor, compositor e autor Francisco Ribeiro - membro 
fundador dos Madredeus, a gravar a voz juntamente com Tanya Tagaq, Filipa Pais e Natália Casanova no disco Desiderata – A Junção do bem” acompanhado pela Orquestra Nacional do Porto sob a direcção do Maestro Mark Stephenson.

É por esta altura que Zé Perdigão começa a pisar os grandes palcos, em 2009
 
é convidado a fazer a primeira parte de José Cid no Campo Pequeno, tendo sido muito bem aceite pelo público presente, aceitação que lhe garante o convite para fazer a primeira parte da digressão europeia do internacional artista “ Michael Bolton”, em Janeiro de 2010 no Coliseu dos Recreios.

Em 2010/2011 faz uma digressão por várias cidades do País, com o concerto Zé Perdigão & Outros Fados.

Em 2011/2012 entra em estúdio a gravar o trabalho discográfico “Sons Ibéricos” com o seu Produtor José Cid e músicos como Pedro Jóia, ngelo Freire, Amadeu Magalhães, entre outros.

Em 2012 participa no espectáculo “Variações “ dando voz á homenagem da Obra de António Variações. 

Faz uma digressão nacional Piano&voz - Concerto “Visitar” com o Pianista e compositor André Varandas , com temas dos saudosos José Afonso e Adriano Correia de Oliveira , apresentando-se em vários festivais internacionais, auditórios e teatros nacionais.

Em Outubro de 2012 parte para o Chile convidado pelo Maestro Julio Ortiz e embaixada de Portugal para cantar os seus temas com a Orquestra de Cordas de Santiago do Chile (Escuela Moderna).

Novembro e Dezembro de 2012 | Argentina, Chile e Uruguai

Com uma formação musical mesclada entre músicos sul americanos e portugueses, o caso do bandoneon do chileno Jorge Prado, a guitarra do cantoautor Uruguaio Andres Stagnaro, o piano do seu companheiro de viagem o português André Varandas, as percussões e voz do equatoriano Max Berrú, o folkclore sul americano de Jorge Coulon fundador do grupo Inti Illimani, faz 17 concertos com os seus temas e algumas adaptações dos seus temas em espanhol.
Passa por Países como Chile, Argentina e Uruguai apresentando-se nas melhores salas, sempre com lotação esgotada e com a atenção internacional merecida.

Zé Perdigão& Sons Ibéricos

Faz a ante estreia do novo trabalho discográfico Sons Ibéricos na Capital europeia da Cultura Guimarães 2012.

 

- Informação retirada do Facebook Oficial do Zé Perdigão.

No Estúdio POPULARFM

Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.