1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

NOBODY'S BUZNESS: 16 de Fevereiro de 2014 - 22H

popularfm_nobodys bizness2014NOBODY'S BUZNESS

16 de Fevereiro de 2014 - 22h

Catedral do Rock com Jorge Caldeira

 

Os lisboetas Nobody's Bizness, uma das mais emblemáticas bandas de blues portuguesas, completaram 10 anos de carreira e para celebrar este marco editaram o seu segundo álbum de estúdio, no passado dia 27 de janeiro. O nome escolhido para o álbum, "Donkey", nasceu também da vontade da banda em ajudar a Burricadas - Associação para a Preservação do Burro, uma associação que recolhe e protege burros maltratados.

Para suportar os custos de produção deste disco, numa edição de autor, os Nobody’s Bizness promoveram uma campanha de angariação de fundos através da plataforma portuguesa de crowdfunding PPL (http://ppl.com.pt/pt/prj/nobodys-bizness). Os fãs e amigos da banda que participaram e contribuíram para esta campanha, por um lado, ajudaram a Associação Burricadas (www.burricadas.org) e por outro, apoiaram a edição do disco.

Em troca do contributo, os apoiantes da banda tornam-se assim seus produtores e receberam inúmeras recompensas aliciantes em que a mais valiosa das recompensas, uma das guitarras da banda, já foi reclamada e o apoiante que a vai receber terá ainda direito a um concerto em sua casa.

E se os blues nasceram nas margens do rio Mississippi, nos Estados Unidos, ou mais remotamente nas margens do rio Niger, na África Ocidental, é natural que mais tarde ou mais cedo acabassem - levados pelos ventos, pelas marés e pela vontade das sereias - por desaguar à boca do Tejo, na cidade de Lisboa. Foi da vontade de recriar esses blues, os de raiz, que os lisboetas Nobody's Bizness surgem em 2003, para resgatar ao pó dos tempos e às estrias de velhos 78 rpm, lendas dos blues como Robert Johnson, Tampa Red, Ida Cox, Alberta Hunter, Bessie Smith, Willie Dixon, Skip James ou Muddy Waters com os seus arranjos pessoais.

Após uma grande temporada de atuações que os foram levando de boca a orelha um pouco a todo o país, editam em 2006, através da Netlabel You Are Not Stealing Records, um EP gratuito (Ao Vivo na Capela da Misericórdia, em Sines) que viajou muito para além das fronteiras portuguesas, tendo ultrapassado já a marca dos 20.000 downloads oficiais.

Em 2010, é editado o primeiro álbum de estúdio, "It’s Everybody’s Bizness Now", em que para além das versões a banda apresenta, pela primeira vez, temas da sua autoria marcando assim o início de uma nova sonoridade e de uma nova vontade. Continua a estar presente a essência da música que os inspirou, mas acrescida da sua própria criatividade e da visão de uns blues novos, cruzados com a folk norte-americana, o jazz ou a música country.

Os Nobody’s Bizness são Petra Pais (voz, Jack Daniels e outros comportamentos curiosos), Luís Ferreira (espantosas guitarras e “dobros” e outros artefactos bizarros), Pedro Ferreira (guitarras, banjo, e coros angelicais. O mais bonito de nós todos) e Luís Oliveira (baixo, coros e muita paciência para aturar o resto da banda).

No Estúdio POPULARFM

Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.