1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

Polícia abriu portões para que prova de avaliação fosse feita em Almada

Quarta, 23 Julho 2014 15:16

EXAME PROFESSORESDezenas de professores protestaram ontem de manhã à porta da secundária de Almada para tentar impedir, sem sucesso, a realização da prova de avaliação docente, com a polícia a abrir os portões, fechados a cadeado. José Alberto Marques, dirigente sindical da Federação Nacional de Professores disse que uma brigada de intervenção da PSP foi chamada à escola secundária Emídio Navarro depois de os portões terem sido trancados a cadeado por volta das 10:15. Cerca de quatro mil professores estavam  inscritos para realizar a PACC, depois de os boicotes registados a 18 de Dezembro terem impedido que milhares de professores realizassem o exame nessa data. No entanto, ontem com protestos em todo o país levaram o ministro da Educação a marcar conferência de imprensa para o final do dia. Segundo a tutela, um terço dos professores faltaram ao exame e a prova foi impedida numa escola.

ADN - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS

www.adn-agenciadenoticias.com

Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.