1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

Palmela não quer despedimentos na Segurança Social

Quarta, 26 Novembro 2014 23:21

PALMELAUma moção apresentada pela vereadora socialista, Cristina Rodrigues, dividiu o executivo municipal de Palmela entre esquerda e direita. De um lado o PS - que contou com o apoio da maioria comunista - defende os postos de trabalho  no Instituto de Segurança Social. Do outro o vereador do PSD/CDS/PP que defende que considera que “não se está a falar de despedimento”, mas de “requalificação, da oportunidade que estas pessoas podem ter de, noutros serviços e com outras valências e competências, poderem exercer a sua profissão". Um argumento que não convence a "ala" esquerda da autarquia que acusa o Governo de querer mandar embora 697 trabalhadores da Segurança Social. Trata-se, afinal dizem os comunistas e socialistas, de uma "requalificação e reestruturação com finalidade de despedimentos em massa", baseada numa "política de continua desresponsabilização do Estado das suas funções".

ADN - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS

www.adn-agenciadenoticias.com


Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.