1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

Barreiro homenageou Cante Alentejano com casa cheia

Quinta, 19 Fevereiro 2015 21:26

Um concerto de homenagem ao cante alentejano, classificado Património Cultural da Humanidade, encheu o Auditório Municipal Augusto Cabrita, no Barreiro, onde atuaram quatro grupos corais e foi exibido o filme, Alentejo Alentejo, de Sérgio Tréfaut. Ao todo mais de 300 pessoas esgotaram a maior sala do concelho para aplaudir o cante alentejano. Afinal, como disse o chefe do executivo municipal, o Barreiro “é um pouco uma continuação do Alentejo. A nossa cultura é uma continuidade da cultura alentejana”, realçou Carlos Humberto. O cante alentejano tem como único instrumento a voz, e é interpretado por grupos formais e informais, em que alternam um “ponto” a sós e um coro, havendo um “alto” a preencher as pausas e a rematar as estrofes. O primeiro grupo coral terá surgido em 1907, em Serpa, sob a designação de Orfeão Popular.

Mais notícias em: www.adn-agenciadenoticias.com

Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.