1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

Hospital de Setúbal em risco de perder 13 especialidades

Sexta, 06 Março 2015 13:20

Uma centena de pessoas participaram numa vigília em frente ao Hospital de São Bernardo, em Setúbal, para exigir a revogação da portaria 82/2014, que, garantem, acabará de uma só vez com 13 especialidades durante a noite - das  oito da noite e as oito da manhã - naquela unidade de saúde, obrigando a que 350 mil pessoas passem a ser encaminhadas para o Hospital Garcia de Orta, em Almada. 250 mil de Setúbal, Sesimbra e Palmela, mais cem mil do Litoral Alentejano. A confirmar-se, a unidade de Almada, que hoje serve 450 mil utentes, passará a servir 800 mil durante esse período do dia. Foi projetada para 150 mil pessoas. De acordo com os utentes do hospital estão em causa valências que poderão deixar Setúbal ainda em 2015. "Não podemos permitir que esta portaria vá em frente. É uma fuga deste Governo que não quis levar à Assembleia da República a discussão do Serviço Nacional de Saúde, porque, de certeza, que não iria ter coragem de anunciar as suas reais intenções para o nosso hospital".

ADN - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS

www.adn-agenciadenoticias.com

Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.