1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

PJ iliba polícias da morte de Nuno Pires em Setúbal

Quinta, 19 Março 2015 10:05

A investigação da Polícia Judiciária à morte de Nuno Jorge Pires – encontrado inconsciente junto à estação da CP de Setúbal na madrugada de 19 de Fevereiro e que viria a morrer três dias depois – afastou quaisquer suspeitas sobre os agentes da Equipa de Intervenção Rápida da PSP que foram filmados a identificar o jovem momentos antes. Os polícias eram, até agora, suspeitos de ter agredido a vítima à bastonada. Tudo aponta para que ‘Fantasma’, assim era conhecido o jovem, tenha morrido na sequência de uma queda acidental. Segundo diz a investigação da PJ concluiu que os agentes da PSP em questão apenas identificaram Nuno Pires depois de o verem a cambalear na rua, depois de ter deixado uma amiga na praça do Brasil. Os amigos de ‘Fantasma’ não acreditam na inocência dos agentes e ameaçam com mais protestos. Para já, a PJ não tem indícios que apontem para crime, mas a investigação ainda não está fechada.

ADN - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS

www.adn-agenciadenoticias.com

Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.