1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

Autarquia defende manutenção da urgência no Montijo

Sexta, 27 Novembro 2015 05:07

A Câmara  do Montijo defendeu ontem  a manutenção da urgência básica no Hospital local, criticando o despacho divulgado na semana passada que visa redefinir os pontos da rede de urgência em todo o país. O presidente da autarquia, Nuno Canta, apresentou uma moção que foi aprovada por unanimidade, deixando criticas a um despacho do Ministro da Saúde, que estava de saída, de 20 de Novembro, que pretende redefinir os pontos da Rede de Urgência e Emergência. "É a segunda tentativa de encerramento do Serviço de Urgência Básica no Hospital do Montijo, na dependência da orientação da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo", afirmou Nuno Canta. O autarca socialista refere que o despacho do último Governo [que abandonou funções esta semana] tem como objetivo "o encerramento arbitrário de serviços hospitalares no Montijo", obrigando os utentes a deslocarem-se para o "congestionado" serviço de urgência do hospital do Barreiro.

ADN - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS

www.adn-agenciadenoticias.com

 


Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.