1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

Câmara de Palmela acredita num acordo na Autoeuropa

Segunda, 08 Janeiro 2018 13:36

Trabalhadores da Autoeuropa temem degradação da paz social

Trabalhadores das empresas fornecedoras da Autoeuropa querem evitar conflitos sobre horários de trabalho, mas receiam uma degradação da paz social face ao início do trabalho aos sábados na Autoeuropa em fevereiro, admitiu esta quinta-feira o representante das comissões de trabalhadores. "Há empresas do parque industrial que estão a sentir os trabalhadores a pressionarem porque não querem ter o mesmo conflito que está a existir na Autoeuropa, querem que as coisas se resolvam rapidamente", disse à agência Lusa o coordenador das Comissões de Trabalhadores do Parque industrial da Autoeuropa, Daniel Bernardino. O presidente da Câmara de Palmela, Álvaro Amaro, disse acreditar, no entanto, que a administração e os trabalhadores da Autoeuropa vão acabar por chegar a um acordo e mantém um discurso otimista em relação ao futuro. Vieira da Silva, ministro do Trabalho, diz que os dados em mãos e a "experiência do passado" o fazem estar confiante de que haverá acordo entre trabalhadores e empresa. Em causa estão novos horários.

Ler mais...

ADN - Agência de Notícias

Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.