1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

Administração do porto de Setúbal admite rever projeto

Terça, 23 Outubro 2018 13:57

Pescadores, ambientalistas e operadores turísticos tentam travar dragagens

As associações de pesca de Setúbal revelaram esta segunda-feira que a administração portuária se mostrou disponível para mudar o local de deposição dos dragados provenientes das dragagens no rio Sado, de forma a minimizar o risco ambiental. Além das preocupações ambientais, os pescadores também receiam que a deposição dos dragados na zona da restinga, uma zona de baixio, também possa vir a dificultar a manobra das embarcações de pesca, que poderiam ver-se obrigadas a ir à barra para conseguirem navegar para sul. O Grupo Pestana, em articulação com outros hoteleiros de Tróia, aliou-se numa coligação surpreendente com a associação ambientalista Zero e com a Cooperativa de Pescas de Setúbal para fazer pressão social e política para travar o projeto. “Já estamos a consultar advogados e especialistas”, anuncia José Roquette, do Pestana Hotel Group.

Ler mais...

ADN - Agência de Notícias

Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.