1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

Guerra das cartas abertas no Montijo

Segunda, 26 Novembro 2018 16:52

Vereador do PSD acusa presidente da Câmara de censura

O vereador do PSD na Câmara do Montijo, acusou o presidente do município de censura, devido à decisão de abrir e registar a correspondência dos vereadores da oposição. João Afonso [PSD] acusa Nuno Canta [PS] de ter ordenado abertura de correspondência dos vereadores da oposição. O socialista defende que se trata de correspondência institucional e diz que o social-democrata já expediu mais de 60 ofícios sem registo.O vereador do PSD vai apresentar queixa no Ministério Público. A CDU também a ataca a "maioria" socialista nesta "guerra das cartas abertas". Carlos Almeida diz que esta decisão do presidente da Câmara é "inadmissível". E especialistas dizem que a decisão de Nuno Canta é "ilegal" e até pode configurar "crime". Autarca alega que é a bem da "transparência" e da eficiência da vida autárquica. Esta é mais uma polémica que divide executivo e oposição na Câmara do Montijo.

ADN - Agência de Notícias

Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.