1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

Já há um pré-acordo na fábrica de Palmela

Sexta, 26 Outubro 2018 08:15

Trabalhadores da Autoeuropa com sábados e domingos pagos a 100 por cento


 

A Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa e a administração da empresa chegaram esta quinta-feira, 25 de Outubro, a pré-acordo. O entendimento de partida entre os representantes dos trabalhadores e a administração prevê aumentos salariais de 2,9 por cento em 2019 e 2020 (num aumento mínimo de 25 euros), assim como o pagamento de um prémio de 100 por cento ao domingo (tal como já acontece ao sábado). Deverão ainda passar a efetivos, até Julho do próximo ano, cerca de 300 trabalhadores com contratos a prazo. "É um ótimo acordo" disse o coordenador da Comissão de Trabalhadores, Fausto Dionísio, adiantando que este deverá ser votado entre 5 e 9 de Novembro, na fábrica de Palmela.

ADN - Agência de Notícias

 

Utentes da Margem Sul denunciam falta de barcos

Sexta, 26 Outubro 2018 08:12

Passageiros exigem reforço do investimento na Transtejo e Soflusa


A Comissão de Utentes de Transportes da Margem Sul informou que denunciou ao Governo a falta de embarcações da Transtejo e da Soflusa e a sucessiva supressão de ligações, exigindo que o Estado passe de “anúncios a ações”. “Estas últimas semanas têm sido críticas no serviço prestado pela Transtejo, com a sucessiva supressão de ligações entre Cacilhas e o Cais do Sodré, pelo que é urgente dotar esta empresa de mais barcos, da séria manutenção dos equipamentos existentes e de mais trabalhadores”, mencionou a organização em comunicado.

ADN - Agência de Notícias

Balanço positivo da época balnear em Almada

Sexta, 26 Outubro 2018 08:10


Investimento da vigilância nas praias melhorou segurança

A Câmara de Almada e a Autoridade Marítima Nacional, dois dos parceiros da iniciativa Praia Protegida 2018, fizeram um balanço "extremamente positivo" da época balnear no concelho destacando a boa coordenação entre entidades. "Esta época teve um resultado extremamente positivo. Todas as entidades estiveram empenhadas neste projeto e digamos que este ano foi um passo bastante significativo, porque abrangeu um conjunto de entidades que anteriormente não tinham trabalhado juntas", avançou o responsável da Autoridade Marítima Nacional, Rodrigues Barroso, no posto de turismo da Costa de Caparica. Para a vereadora da Câmara de Almada com o pelouro da Proteção Civil, Francisca Parreira, o principal objetivo, deste trabalho em equipa, é que "as pessoas que frequentam as praias do nosso concelho se sintam seguras".

ADN - Agência de Notícias

Gesfimo acorda venda da Herdade da Comporta

Sexta, 26 Outubro 2018 08:08

Amorim e Vanguard são os novos donos da maior herdade do litoral alentejano


A Gesfimo, entidade gestora da Herdade da Comporta, assinou um “contrato promessa de compra e venda” da propriedade com o consórcio Amorim/Vanguard, adiantou a sociedade em comunicado enviado à Lusa. A venda da Herdade da Comporta, nos concelhos de Alcácer do Sal e Grândola, foi decidida há cerca de três anos, após o colapso financeiro do Grupo Espírito Santo. Fonte próxima do processo disse que o contrato foi assinado esta terça-feira.

ADN - Agência de Notícias

Um ano sem fogos na Mata da Machada no Barreiro

Quinta, 25 Outubro 2018 08:06

Medidas de prevenção fundamentais para não existirem incêndios este verão


A vigilância, as intervenções no terreno por parte do Instituto da Conservação da Natureza e Florestas e da Câmara  do Barreiro e a coordenação entre várias entidades, foram aspetos essenciais para mais um ano sem incêndios na Mata da Machada. O vereador da Câmara do Barreiro, responsável pela Reserva Natural Local do Sapal do Coina e da Mata Machada, Bruno Vitorino, considera que o planeamento atempado das ações para a prevenção dos fogos florestais permite diminuir riscos e preparar uma resposta em caso de emergência.

ADN - Agência de Notícias

Ruas Floridas junta alunos e junta de freguesia na Moita

Quinta, 25 Outubro 2018 08:04

Jovens da Escola Técnica Profissional da Moita colaboram no projeto da autarquia


No âmbito de um desafio lançado pelos professores, integrado numa atividade/projeto de responsabilidade social, os alunos dos cursos Técnicos de Comunicação e Organização de Eventos envolveram-se no Projeto “Ruas Floridas”, que pretende tornar a Moita numa localidade com mais cor e vida. "Trata-se de um projeto promovido pela Junta de Freguesia da Moita ao qual os jovens da Escola Técnica Profissional da Moita estão a aderir com gosto e empenho", disse fonte daquela escola à ADN-Agência de Notícias.

Ler mais...

ADN - Agência de Notícias

Luta por melhores condições em escola de Almada

Quinta, 25 Outubro 2018 08:02

Estudantes querem mais cacifos, melhor comida e mais funcionários


Os estudantes da Escola Secundária Fernão Mendes Pinto, em Almada, protestaram esta quarta-feira, por melhores condições na instituição, pela contratação de funcionários e melhor qualidade das refeições, informou hoje uma das alunas. “Este protesto vem na sequência de uma reunião geral de alunos, que aconteceu no dia 10, onde estiveram presentes mais de 350 estudantes, e onde foram discutidas as reivindicações e os problemas da escola”, explicou à agência Lusa a porta-voz da organização do protesto, Beatriz Mendes. A estudante avançou que a instituição de ensino precisa de obras, que “ainda há amianto por ser retirado”, que “há casas de banho encerradas por falta de verba” para as arranjar e que “há graves problemas com a canalização”.

ADN - Agência de Notícias

Santiago do Cacém acolhe Jornadas Arqueológicas

Quinta, 25 Outubro 2018 08:00

Alertar para o "estado de abandono" a que está votado o património arqueológico na costa sudoeste


O concelho de Santiago do Cacém vai acolher, nos dias 26 e 27 de Outubro, as Jornadas Arqueológicas da Costa Sudoeste com conferências e visitas guiadas dedicadas ao património romano e com enfoque na educação. Promovidas pelo Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal e Fórum Intermuseus do Distrito de Setúbal, as jornadas vão debater, com a comunidade educativa, o património arqueológico enquanto recurso pedagógico. "Se as pessoas não conhecem, não podem salvaguardar o seu património e, através deste recurso, podem entender mais facilmente a história e aumentar a sua capacidade em termos cognitivos e de aptidão escolar", explicou Joaquina Soares, diretora do  Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal.

ADN - Agência de Notícias

Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.