1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

Em Fevereiro de 1986, o Som do Pinhal iniciou as suas emissões regulares ainda inseridas no universo das “Rádios Piratas”. Um ano mais tarde, no dia 3 de Setembro de 1987, foi criado oficialmente, enquanto Cooperativa, o Som do Pinhal – Cooperativa de Radiodifusão, C.R.L., com o respectivo Alvará de Radiodifusão.

Durante essa fase de instalação, já em 1987, primeiro em instalações cedidas por parceria pelo Centro de Ocupação Infantil e mais tarde por outras apoiadas e apetrechadas em parceria com a Câmara Municipal de Palmela foi possível dar seguimento ao desenvolvimento económico do Alvará e iniciar-se um ciclo de formação dos futuros profissionais.

Foi publicado em Diário da Republica em Janeiro de 1997 a aprovação do aumento de potência de radiodifusão. Este acontecimento contribuiu para uma responsabilidade acrescida no conteúdo da programação e na consolidação da Cooperativa/Rádio.

Desde Fevereiro de 1995, o Som do Pinhal Rádio optou por uma denominação mais comercial. Assim, a “POPULARFM”, nome adoptado de acordo com os Estatutos da Cooperativa, e assim inscrito oficialmente, pretendendo-se manter e ampliar a sua imagem de marca: emissão exclusivamente em português, com qualidade, dirigido a um auditório local e popular.

A Rádio POPULARFM tem levado a efeito, ao longo de toda a sua existência, inúmeras acções, tais como “a dinamização recreativa e cultural”, através da radiodifusão de programas, espectáculos e outras actividades de carácter local.

O Som do Pinhal tem como principal característica a inovação e a distinção no mercado onde se insere. Embora como Rádio Local, e no conceito da Lei, cujo alvará está atribuído pelo Montijo, a POPULARFM tem como estratégia limítrofe além do Montijo e no âmbito da àrea da Grande Lisboa e Vale do Tejo.

Marcamos a diferença com uma programação bem diferente da estação concorrente. A grande aposta da POPULARFM dirige-se para a Informação, o Desporto e sobretudo, a divulgação da música Portuguesa e de expressão Portuguesa, apoio aos costumes e tradições nacionais.

No que diz respeito à Informação, todas as noticias, quer de carácter regional, quer de carácter nacional, são elaboradas pelos nossos jornalistas com rigor e profissionalismo. O Desporto é outro dos grandes pilares da POPULARFM , que nos distingue das restantes rádios. È realizada a cobertura exclusiva de alguns jogos de equipas da região.

A rádio POPULARFM também se distingue pela transmissão de musica 100% de expressão portuguesa, onde nunca se esquece o lançamento de novos valores.
Em Setembro de 2001 e em parceria com a Corigues, Lda., a Cooperativa adquiriu novas instalações adequadas aos novos desafios tecnológicos e sobretudo com condições de trabalho dignas para os profissionais que produzem a POPULARFM .

Durante 2002 e 2003 e com as consequências da recessão económica Nacional constatando com o grande investimento das novas instalações foram anos de contenção e de moderação, onde a qualidade radiofónica foi por vezes a possível, embora nunca a POPULARFM abandonasse os seus básicos objectivos.
Nesse sentido e aproveitando algum tempo de “pausa forçada”, a Cooperativa entendeu constituir uma Sociedade para a Gestão do seu Alvará da POPULARFM.

O Som do Pinhal II, Multimédia, Lda. foi o nome consensual cuja actividade comercial se iniciou em 01 de Janeiro de 2004, remetendo a Cooperativa e aos seus Cooperantes para a acção de fiscalização aos objectivos traçados.

Já durante o inicio de 2004, e por força da aprovação de uma candidatura oficial aos Incentivos para a remodelação tecnológica, a POPULARFM está a substituir grande parte do seu equipamento analógico por digital, retomando assim os conceitos de qualidade cada vez mais exigidos num mercado pequeno e naturalmente selectivo.

Assim, 25 anos depois, podemos dizer que a Rádio Local – POPULARFM com mais força, melhores instalações, melhor equipamento e melhores profissionais está e continuará na sua caminhada pela Grande Lisboa.

Popularfm

Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.